Diga-me: do que Deus não é capaz? Como não acreditar no inacreditável?

Published in Mensagem da Redação
Read 3473 times
Rate this item
(3 votes)

Eis que eu sou o SENHOR, o Deus de todos os viventes; acaso, haveria coisa demasiadamente maravilhosa para mim? (Jeremias 32.27).              

Ao depararmo-nos com uma realidade que estava distante de ser vivida, dizemos: “Hoje eu vivo um sonho”. Você já teve oportunidade de ouvir ou de dizer assim. Observe quantas são as realidades que, um dia, foram sonhos apenas. E sonhos sonhados de olhos abertos. Olhos abertos significam realidade. Enxergar pelos olhos que estão na face; no globo ocular; onde corre o sangue quente da vida humana. Então, a realidade estava ou era como um pesadelo, pois era apenas um sonho o contrário dela. Precisava ser mudada. Sair do pesadelo. Acreditar no inacreditável. Ver além dos olhos da face. Enxergar o que não existia. Amparar-se no sobrenatural. Ver. Enxergar pelos olhos da fé. Insistir. Persistir. Ir sem jamais voltar. Buscar o Dono do Impossível! O Dono, Criador e Realizador de todas as coisas:

                “Aquela situação nem parecia realidade, parecia um sonho, pois mudou toda minha vida”. “Gente!... Foi um momento tão inebriante que mais parecia um sonho!” “Quando meu filho nasceu, eu não acreditava, pois eu era infértil! Mais parecia um sonho eu ver aquele bebê em meus braços!...”

             “O dia da minha formatura parecia um sonho; porque pelos olhos humanos, eu jamais teria condição de cursar uma faculdade e me formar”.

               “Quando vi aquela pessoa, apaixonei-me e ela por mim; parecia um sonho, pois jamais pensei que encontraria a metade da minha laranja”.

               “Ao encontrar-me com o Espírito Santo, parecia um sonho”.

               “Parecia um sonho quando peguei a chave do meu primeiro carro” ou “da minha casa”.

               “Eu sempre estive endividado. Hoje, que já não devo mais nada, parece que nem é real; mais parece um sonho o que estou vivendo.

          “A cura da doença que me acometia era impossível para a medicina. Hoje eu vivo um sonho: estou curada, saudável, não tomo mais remédio”.

               “Libertar-me das drogas, do jogo e das coisas do mundo, parecia-me impossível. Eu morreria assim, pois não via uma saída. Hoje eu vivo um sonho. Parece que nunca vivi aquilo”.

                “Salvar minha empresa era um sonho distante; hoje é realidade. Hoje parece um sonho!”

                “Ter meu próprio negócio era um sonho apenas. Hoje, a realidade parece um sonho!”

                “A paz na família era um sonho. Hoje não é mais sonho. É uma realidade que mais parece um sonho.”

                “Meu casamento estava destruído. Hoje vivo um sonho, uma lua de mel permanente.

                “Tentei o suicídio, pois eu não tinha vida. Hoje vivo um sonho. Tenho vida.”

                “O dia que eu recebia meu salário era um pesadelo. Sumia no mesmo dia. Hoje, parece um sonho.”

                Todos e todos. Quem não quer viver momentos reais que de tão bons mais parecem sonhos? Todos nós. Todos. Todos e todos. O que era apenas um sonho, fazer parecer um sonho. Entre ser um sonho e parecer um sonho há uma grande distância.

                Leia na página três o que bispa Cléo escreveu. É incrível como o Santo Espírito de Deus fala a ela. Deu-nos essa profecia para o ano de 2016. Descreve sobre o povo saindo de um período de escravidão sofrido demais. A diferença das duas realidades era tão grande, que mais parecia um sonho. O povo estava vivendo uma renovação, uma restauração, um milagre vindo de Deus. Assim é conosco. Vejamos tudo o que Deus já fez por nós. Quantas e quantas vezes nos tirou de pesadelos e encheu nossa boca com riso. Não podemos olvidar tantos pesadelos passados que hoje parece sonho a realidade. Grandes coisas fez o Senhor por nós, e, por isso, estamos alegres (Salmo 126.3). Quanta unção bispa Cléo deve ter recebido do Alto para propor um ano inteiro de oração nesse sentido. Foi muita unção. Eu acredito. Trabalhemos, portanto, desde o primeiro dia do ano de 2016, no sentido de fazer cumprir o Salmo 126 em nossas vidas. Por que, neste instante, diríamos que, Grandes coisas o Senhor fez...!

               Tenha em mente de onde Deus o tirou e de quais pesadelos ele já o livrou. Você nunca disse que, “Isto mais parece um sonho...” tão grande foi sua alegria? Pois se tal aconteceu, houve mérito não seu a ser reconhecido, pois, se mais parece um sonho é porque a realidade estava pesada para seus ombros carregarem-na sozinhos. E você venceu. Não foi uma nem duas vezes. É questão de humildade reconhecer.

                Que você usufrua da profecia para o ano de 2016, recebida de Deus pela bispa Cléo: Grandes coisas fez o Senhor por nós, e, por isso, estamos alegres (Salmo 126.3). Fidelidade, continuidade em Deus, santidade, semeadura, sacrifício, amor ao Templo e às reuniões, dedicação ao outro, oração, jejum, permanência no propósito o ano todo. Intimidade com Deus! Porque, para Deus, nada é impossível (Lucas 1.37).

                  Diga-me: Do que Deus não é capaz?

             Parabéns, leitor! Você recebe de “Boas Festas de Ano Novo” um formato novo da “Folha Vida Hoje”. Bem mais prática para você manuseá-la e lê-la no formato Berliner. Hoje está nas suas mãos o jornal com o novo formato. Parece um sonho, mas é real. Faça bom proveito! Leia-o e passe para outros lerem. Feliz Ano Novo! Deus está à frente! Alegrias multiplicadas, saúde, paz, prosperidade!

Claudete Teixeira Brochado da Mota

Last modified on Segunda, 19 Junho 2017 16:31
More in this category: ...e o gás acabou »

Vida e Fé, assista agora:

Curta nossa Página no Facebook